Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 29 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h33.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Notícia da edição impressa de 30/12/2016. Alterada em 29/12 às 20h38min

Governo anuncia sanções a Moscou

Entre as medidas de Obama, está a expulsão de 35 agentes de embaixadas

Entre as medidas de Obama, está a expulsão de 35 agentes de embaixadas


JIM WATSON/JIM WATSON/AFP/JC
Os Estados Unidos anunciaram, nesta quinta-feira, uma série de novas sanções contra a Rússia, ao acusarem Moscou de promover ataques cibernéticos que interferiram nas eleições presidenciais de 8 de novembro, vencidas pelo republicano Donald Trump. Segundo um comunicado da Secretaria de Estado, as penalidades se dão devido à "sabotagem de processos e instituições eleitorais".
Entre as medidas tomadas pelo governo de Barack Obama, estão a expulsão de 35 agentes de inteligência russos das embaixadas do país em Washington e em San Francisco. Os funcionários e suas famílias receberam 72 horas para deixar os EUA.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia