Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 25 de dezembro de 2016. Atualizado às 18h16.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

alemanha

Alterada em 25/12 às 19h20min

Bomba da Segunda Guerra Mundial é desarmada na cidade alemã de Augsburg

Especialistas em explosivos desativaram neste domingo uma grande bomba da Segunda Guerra Mundial na cidade alemã de Augsburg, no sul do país, permitindo que milhares de residentes locais pudessem voltar para casa para suas comemorações de Natal.
A polícia da cidade usou o Twitter para contar, pouco antes das 7 da noite deste domingo, hora local, que tinha "boas notícias no Natal". Mais cedo, não havia informações sobre quanto tempo os residentes teriam de ficar longe de casa.
Cerca de 32 mil famílias, totalizando 54 mil habitantes do centro histórico do município, foram forçadas a deixar suas residências por volta das 10 da manhã deste domingo, para que os peritos pudessem lidar com a bomba.
Os especialistas tiveram que limpar sete décadas de estrume para encontrar e desativar três detonadores da bomba. O tamanho da munição - de 1,8 tonelada - sugere que a bomba era do tipo "blockbuster", de grande poder de destruição, e que foi usada pelas forças britânicas com o objetivo de explodir edifícios das redondezas para que outras bombas incendiárias pudessem começar incêndios mais facilmente.
A bomba foi descoberta na semana passada, durante obras de construção no centro histórico da cidade. A polícia disse que o Natal era o melhor momento para desativá-la porque havia menos tráfego e era mais provável que as pessoas pudessem ficar com parentes.
Encontrar bombas da Segunda Guerra Mundial não é incomum na Alemanha. Grande parte do centro histórico de Augsburg foi destruído em fevereiro de 1944, quando centenas de bombas britânicas e norte-americanas atingiram a cidade.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia