Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de dezembro de 2016. Atualizado às 23h35.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Alemanha

Notícia da edição impressa de 22/12/2016. Alterada em 22/12 às 00h31min

Tunisiano é suspeito de atentado em Berlim

Após liberarem dois suspeitos de ligação com o ataque feito com um caminhão a um mercado natalino em Berlim que deixou 12 mortos na segunda-feira, as autoridades agora procuram um tunisiano. O ministro do Interior da Alemanha, Thomas de Maizière, confirmou a busca pelo novo suspeito.
O homem se chama Anis Amri e tem 24 anos. Toda a polícia do país está ajudando nas buscas e oferece uma recompensa de ¤ 100 mil (R$ 348 mil) pela captura do suspeito, classificado como "armado e perigoso". Um documento distribuído pelos policiais diz que ele já usou seis identidades de três nacionalidades diferentes. Apesar de dizer que Amri nasceu na Tunísia, o documento cita variantes do nome dele, além de nacionalidades egípcia e libanesa.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia