Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 18 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h15.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Iêmen

Notícia da edição impressa de 19/12/2016. Alterada em 18/12 às 20h06min

Ataque de homem-bomba mata 50 soldados

Equipes de resgate levam sobreviventes da explosão para o hospital

Equipes de resgate levam sobreviventes da explosão para o hospital


SALEH AL-OBEIDI/AFP/JC
Um homem-bomba matou cerca de 50 soldados iemenitas e deixou outros 70 feridos em uma base na cidade de Áden, disseram fontes do governo e um médico local, em outro grande ataque contra forças aliadas a uma campanha militar liderada pela Arábia Saudita. O agressor se explodiu enquanto militares aguardavam para receber seus salários, acrescentaram as pessoas relacionadas ao governo.
O Estado Islâmico (EI) assumiu a responsabilidade pelo ataque em uma mensagem on-line. Antes, militantes do grupo já haviam reivinicado repetidamente a responsabilidade por ataques mortais contra tropas na cidade portuária de Áden, sob controle do governo reconhecido internacionalmente exilado na Arábia Saudita.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia