Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 16 de dezembro de 2016. Atualizado às 20h30.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 16/12 às 21h32min

Obama diz que ajudará democratas a reconstruir o partido

Em coletiva de imprensa, Obama disse que os democratas devem começar por se envolver mais com os eleitores

Em coletiva de imprensa, Obama disse que os democratas devem começar por se envolver mais com os eleitores


ZACH GIBSON/AFP/JC
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira que participará dos esforços dos democratas para reconstruir o partido depois de uma eleição contundente.
Em sua tradicional coletiva de imprensa de fim de ano, Obama disse que os democratas devem começar por se envolver mais com os eleitores em todo o país e se concentrar nas preocupações dos americanos da classe operária.
"Não deve haver um condado nos EUA onde os democratas não tenham presença", disse ele, acrescentando que lamenta não poder transferir seu sucesso político para outros membros de seu partido.
Durante seus oito anos como presidente, os democratas perderam o controle da Câmara, do Senado e da Casa Branca, bem como uma série de assentos nos governos estaduais.
O Partido Democrata está no meio de uma batalha interna para determinar o seu próximo presidente do partido. Os principais candidatos para substituir Obama do partido argumentam que o presidente não fez o suficiente para impulsionar os democratas. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia