Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 01 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h54.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Educação

Notícia da edição impressa de 02/01/2017. Alterada em 01/01 às 22h56min

Ufpel expulsa 24 estudantes por fraude em cotas

A reitoria da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) determinou, na sexta-feira, o cancelamento de matrículas e o desligamento de 24 alunos do curso de Medicina. A decisão ocorre após uma comissão identificar fraude no sistema de cotas raciais e indeferir as autodeclarações de raça desses estudantes.
A denúncia havia sido apresentada pelo Setorial de Negros e Negras da Ufpel, em setembro. Desde então, uma comissão de servidores e especialistas foi constituída para avaliar a declaração de raça de 31 alunos. Quatro deles não haviam ingressado pelo sistema de cotas, de modo que foram excluídos da investigação. Ao fim do trabalho, apenas três alunos tiveram sua autodeclaração aceita.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia