Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de dezembro de 2016. Atualizado às 17h23.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

tragédia

Alterada em 07/12 às 18h24min

Ruschel, lateral da Chapecoense, deixa UTI e grava vídeo para agradecer o carinho

Agência O Globo
O lateral-esquerdo Alan Ruschel, da Chapecoense, deixou a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital San Vicente, em Medellín, na manhã desta quarta-feira. O jogador até gravou um vídeo em aparece caminhando e agradece o apoio de todos.
"Alô, pessoal do Brasil e do mundo inteiro ligado em minha recuperação, aqui é o Alan Ruschel. Queria falar para vocês que estou me recuperando muito bem. Logo, logo estarei no Brasil para terminar minha recuperação. Queria agradecer a todos pela força dada e pelos votos de carinho. Só queria agradecer a todo mundo. Muito obrigado", disse.
Mais cedo, a irmã do jogador, Amanda, foi quem deu a notícia de que o lateral havia deixado a UTI:
"Ótimas notícias. O Alan saiu da UTI, está caminhando sozinho, tomando banho, falando bem, comendo sozinho, em uma recuperação astronômica, surpreendente", disse.
Amanda aproveitou a mesma publicação para agradecer o apoio e pedir orações pelo zagueiro Neto e pelo goleiro Jackson Follmann, que seguem na UTI:
"Mais uma vez agradeço a todos pelas orações e carinho que vcs tem nos passado. Estamos aguardando pela definição da volta dele ao Brasil. Grande corrente de orações pro Neto e pro Follmann, que ainda é muito delicado", escreveu.
Os médicos declararam, em entrevista coletiva na terça-feira, que Follman deve ter sua amputação na perna direita aumentada em alguns centímetros, devido a um risco de infecção.
Já o zagueiro Neto seguia entubado, em estado críticos, por conta de um processo infeccioso pulmonar, e nesta quarta-feira os médicos iriam avaliar a necessidade de fazer cirurgia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia