Porto Alegre, sexta-feira, 30 de dezembro de 2016. Atualizado às 16h03.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Ministro israelense critica discurso do secretário de Estado dos EUA

O primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu, criticou nesta quarta (28) o discurso do secretário de Estado dos EUA, John Kerry, sobre o Oriente Médio, dizendo que a fala foi "enviesada contra Israel" e que se focou de forma "obsessiva" nos assentamentos israelenses. De acordo com líder israelense, Kerry preferiu criticar a única democracia da região e deixar de lado o que seria o verdadeiro problema: “A persistente recusa palestina em reconhecer um Estado judeu em qualquer fronteira”, afirmou. Netanyahu também enfatizou que anseia pela subida ao poder do próximo presidente americano, Donald Trump, que, horas antes do discurso, criticou Kerry pelo que chamou de “desdém” contra Israel. O discurso aconteceu cinco dias depois da aprovação, pelo Conselho de Segurança da ONU, de uma resolução condenando os assentamentos, aprovada por 14 países e com abstenção dos americanos, que não utilizaram seu tradicional poder de veto. 
 

FOTO JACK GUEZ/AFP/JC
30/12/2016 - 15h46min