Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de dezembro de 2016. Atualizado às 13h55.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

tragédia

Alterada em 14/12 às 14h57min

Chapecoense confirma que Neto voltará ao Brasil nesta quinta

O zagueiro Neto voltará para Chapecó nesta quinta-feira. O clube confirmou que o último sobrevivente a resgatado no acidente aéreo com a Chapecoense que continua internado na Colômbia tem data e horário para ser transferido ao Brasil. O defensor deixará a base aérea de Medellín por volta do meio-dia desta quinta (horário de Brasília, 9h locais) e vai embarcar em um jato da Força Aérea Brasileira (FAB). A previsão de chegada é para as 21 horas.
O defensor virá em um esquema parecido ao dos outros três sobreviventes brasileiros que já voltaram ao País. Uma UTI móvel sairá da base aérea de Medellín, vai fazer escala em Manaus e depois seguirá ao aeroporto municipal de Chapecó. A ambulância vai resgatar Neto na pista e levá-lo ao Hospital Unimed, onde desde a noite de terça-feira estão internados o jornalista Rafael Henzel e o lateral Alan Ruschel, os primeiros a voltar para a cidade catarinense.
Neto foi o último resgatado depois do acidente aéreo nos arredores do aeroporto José Maria Córdova. Os socorristas o encontraram cerca de oito horas após a queda do avião da LaMia. O jogador apresentava o quadro de saúde mais grave entre os sobreviventes e apenas no último fim de semana foi despertado pelos médicos, que juntamente com a mulher do defensor, relataram a ele detalhes do acidente.
Os médicos do hospital em Chapecó já se preparam para a chegada de Neto e também de Follmann, goleiro que foi transferido de Medellín para São Paulo. O jogador está no hospital Albert Einstein, onde passou por cirurgia na coluna. Nos próximos dias ele deve ser liberado a ir para a cidade catarinense.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia