Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 11 de dezembro de 2016. Atualizado às 12h00.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 11/12 às 13h04min

Ainda com interino, Fluminense tenta rebaixar o Inter

Sem aspirações no Campeonato Brasileiro, o Fluminense recebe o desesperado Internacional, neste domingo, às 17 horas, no Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ). Após chegar a figurar entre os quatro melhores da competição, o time carioca amarga uma sequência de nove jogos sem vitória e se conseguir quebrar o jejum colocará a equipe gaúcha na segunda divisão nacional.
Por conta do decepcionante rendimento na reta final, o Fluminense despencou da quarta para a 12ª colocação, com 49 pontos. São seis derrotas e três empates, com a última vitória tendo ocorrido em 1º de outubro - triunfo sobre o Sport, por 3 a 1. Apesar de ter sido apresentado durante a semana, Abel Braga, ídolo do Inter, não comandará o time nesta tarde.
Em situação complicada, o Inter é o 17º, com 42 pontos. Para fugir do rebaixamento, precisa vencer e torcer para que o Sport não vença o Figueirense, na Ilha do Retiro, no Recife, no mesmo horário. Outra possibilidade para o time gaúcho é vencer, torcer para o Vitória ser derrotado e superar os baianos no saldo de gols (seis a um, ambos negativos).
Já com a cabeça em 2017, quando terá Abel como novo treinador, a diretoria concedeu férias a 12 jogadores: Diego Cavalieri, Gum, Giovanni, Ayrton, Pierre, Marquinho, Aquino, Alexis Rojas, Osvaldo, Maranhão, Magno Alves e Dan. Sem tantos nomes, o técnico interino Marcão promoveu jogadores do sub-20 para compor o banco de reservas.
Apesar da postura de liberar mais de um time para a rodada final os jogadores remanescentes adotam o discurso de que estão comprometidos com a despedida do Brasileirão.
"Se depender de nós o Inter será rebaixado, sim. A nossa parte é entrar e vencer o jogo. O clube é gigante e quem veste essa camisa não pode ter outro pensamento que não seja vencer. Já são nove jogos sem vitória e isso é algo que incomoda bastante o grupo e o nosso torcedor", prometeu o goleiro Júlio César, que deve retornar ao banco de reservas na próxima temporada, com o retorno de Diego Cavalieri de lesão.
O jogo também pode marcar a despedida de Gustavo Scarpa. Melhor jogador do clube na temporada, o meia despertou interesse de vários clubes, entre eles o Palmeiras, e ainda não definiu o seu futuro. Scarpa é o vice-artilheiro do Fluminense no Brasileirão, com oito gols, um a menos que Cícero.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia