Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 09 de dezembro de 2016. Atualizado às 12h39.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

FUTEBOL

Alterada em 09/12 às 13h42min

Vagner Mancini chega a acordo e é o novo técnico da Chapecoense

O acordo com Mancini foi fechado depois que Levir Culpi não aceitou as condições oferecidas pelo clube, que queria um vínculo até o final do ano que vem

O acordo com Mancini foi fechado depois que Levir Culpi não aceitou as condições oferecidas pelo clube, que queria um vínculo até o final do ano que vem


GILMAR LUIS/JC
Vagner Mancini fechou acordo para ser o novo treinador da Chapecoense. O acerto foi finalizado nesta sexta-feira depois após uma reunião com dirigentes na casa de Plínio David De Nês Filho, presidente do Conselho Deliberativo do clube. Ainda não existe uma data definida para a apresentação oficial, e as bases do contrato não foram divulgadas.
O acordo com Mancini foi fechado depois que Levir Culpi não aceitou as condições oferecidas pelo clube, que queria um vínculo até o final do ano que vem. Levir havia se oferecido para trabalhar voluntariamente no Campeonato Catarinense, que se encerra em maio.
Reconstruir a equipe da Chapecoense será um dos maiores desafios da carreira de Mancini. Sua missão é montar uma equipe após o acidente aéreo que deixou 71 vítimas na viagem à Colômbia para a final da Copa Sul-Americana. Apenas seis pessoas sobreviveram. Todos os membros da comissão técnica, entre eles, o técnico Caio Junior, morreram no acidente. Na próxima temporada, a Chapecoense terá um calendário extenso. Além do torneio estadual, deverá disputar a Primeira Liga, Campeonato Brasileiro, Libertadores, Recopa Sul-Americana, Copa Suruga e o Troféu Joan Gamper.
O último trabalho de Mancini foi o Vitória, de onde foi demitido em setembro durante o Campeonato Brasileiro. A equipe luta contra o rebaixamento na última rodada. O treinador começou a carreira no Paulista, de Jundiaí, onde se tornou campeão da Copa do Brasil de 2005. Depois de duas temporadas nos Emirados Árabes Unidos, voltou para trabalhar no Grêmio em 2008. Acabou demitido após seis jogos por causa de desentendimentos com o então diretor de futebol Paulo Pelaipe. Dirigiu também Santos, Vasco, Guarani, Ceará, Cruzeiro, Sport, Náutico, Atlético-PR e Botafogo. Nesse período, suas principais conquistas foram o Campeonato Baiano de 2008 e o Campeonato Cearense de 2011.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia