Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 16h44.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

aviação

Alterada em 27/12 às 17h50min

Airbus reduz planos de produção do A380 em 2017

A Airbus reduziu pela segunda vez neste ano seu plano de produção do superjumbo A380. O movimento ocorre em um momento em que a fabricante de aviões europeu e sua maior rival, a Boeing, lutam para conseguir vender grandes aeronaves de quatro motores. A Boeing também teve que cortar planos de produção para seu 747-8 devido à demanda fraca.
Em julho, a Airbus informou que iria fabricar apenas 12 aviões A380 por ano a partir de 2018, abaixo dos 27 que produziu no ano passado. A empresa planejava fabricar 20 unidades no próximo ano, atingindo seu ponto de equilíbrio financeiro nessas entregas.
Mas a Airbus anunciou ter chegado a um acordo com a Emirates Airline, maior compradora de A380, e a fabricante de motores Rolls-Royce para adiar seis das entregas previstas para o próximo ano até 2018 e outras seis entre 2018 e 2019.
A Airbus disse poderá acelerar esforços para minimizar o impacto financeiro, embora tenha sinalizado que o programa poderia entrar no vermelho. "O impacto no equilíbrio financeiro em 2017 é mínimo", disse a empresa. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia