Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 13h14.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura Internacional

27/12/2016 - 13h23min. Alterada em 27/12 às 14h14min

Confiança do consumidor do Conference Board sobe a 113,7 em dezembro nos EUA

O índice de confiança do consumidor dos Estados Unidos elaborado pelo Conference Board avançou de 109,4 em novembro para 113,7 em dezembro. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam crescimento menor, para 109,8.
O índice de expectativas subiu de 94,4 em novembro para 105,5 em dezembro na pesquisa. O das condições atuais, por outro lado, teve recuo de 132,0 em novembro para 126,1 agora.
Diretora de indicadores econômicos do Conference Board, Lynn Franco afirmou no comunicado da entidade que as expectativas atingiram a máxima em 13 anos na pesquisa para dezembro. A economista apontou que houve um salto no otimismo após a eleição de Donald Trump, diante da expectativa de muitos de que haverá maior gasto público e mais crescimento, com perspectiva melhor para emprego e renda. Além disso, os preços das ações avançaram. Segundo Franco, o otimismo foi mais pronunciado entre os consumidores mais velhos. Para ela, a trajetória futura do índice dependerá da confirmação ou não do otimismo mostrado neste momento pela pesquisa.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia