Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de dezembro de 2016. Atualizado às 23h30.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Petróleo

Notícia da edição impressa de 22/12/2016. Alterada em 22/12 às 00h32min

Petrobras fecha acordo de US$ 2,2 bilhões com a Total que inclui campos do pré-sal

A Petrobras deu ontem um novo passo para atingir sua meta de vendas de ativos para o ano ao anunciar a ampliação de sua parceria com a francesa Total. A companhia fechou acordo de US$ 2,2 bilhões com a Total, que inclui a venda de fatias de campos do pré-sal. Com o negócio, a petroleira chega a US$ 13 bilhões em ativos vendidos entre o ano passado e 2016, próximo dos US$ 15,1 bilhões previstos até o dia 31.
Dos US$ 2,2 bilhões, US$ 1,6 bilhão entrarão no caixa da companhia em 60 dias, quando o acordo for assinado de fato. Além disso, a Total irá assumir US$ 600 milhões em investimentos que seriam feitos pela Petrobras nas áreas negociadas. As empresas serão parceiras nos campos de Iara e Lapa, no pré-sal da Bacia de Santos, e em duas usinas térmicas.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia