Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de dezembro de 2016. Atualizado às 10h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

tributos

13/12/2016 - 11h18min. Alterada em 13/12 às 11h28min

Fortunati volta atrás e anuncia desconto no IPTU 2017 de Porto Alegre

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, voltou atrás e anunciou na manhã desta terça-feira (13) que vai conceder o desconto de até 12% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) da Capital. O desconto no tributo vale para os pagamentos efetuados até o dia 2 de janeiro.
O recurso será utilizado para pagar o décimo terceiro salário do funcionalismo municipal, que estava ameaçado. A decisão do prefeito ocorre após os vereadores da Capital buscarem a lei que garante o desconto no IPTU para cidadãos que paguem antecipadamente a taxa e não aceitarem a proposta de parcelamento dos salários.
No final de novembro, Fortunati havia desistido de dar desconto no IPTU de 2017, atendendo a pedido do seu sucessor, Nelson Marchezan Júnior (PSDB). Na ocasião, Fortunati confirmou que estava atendendo "plenamente o prefeito eleito".
Com a suspensão dos descontos, o pagamento do décimo terceiro seria feito em três parcelas, com a primeira sendo paga somente a partir de maio do ano que vem, já na gestão no novo prefeito. Alegando diminuição dos repasses federais e queda nas receitas, Fortunati afirmou que não havia condições da prefeitura pagar duas folhas de pagamento, que corresponderiam ao pagamento do mês e ao décimo terceiro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia