Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 07 de dezembro de 2016. Atualizado às 22h22.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

direitos do consumidor

07/12/2016 - 16h41min. Alterada em 07/12 às 23h27min

Telefônicas lideram o ranking das empresas mais reclamadas no Procon

O Procon de Porto Alegre anunciou nesta quarta-feira (7) que as empresas do setor de telecomunicações seguem sendo líderes em número de reclamações registradas no mês de novembro, mesmo com a redução do número de reclamações contra as telefônicas na Capital, ante o mês de outubro.
As reclamações no mês passado, se comparadas com outubro deste ano, decresceram 2,18%, contabilizando 20,58% do total de 1.745 atendimentos registradas no órgão no período.
Neste segmento, a Vivo lidera novamente o ranking das empresas com mais reclamações, concentrando 10,14% do total de atendimentos realizados pelo Procon municipal no últim mês. Em segundo lugar está a operadora Oi, com 4,36% das queixas, seguida pela TIM (3,44%) e pela Claro (2,64%).
Em segundo lugar na listagem aparecem os bancos, responsáveis por 5,38% das reclamações do mês. Os estabelecimentos bancários mais reclamados foram Caixa Federal (1,89%), Bradesco (1,43%), Banrisul (1,20%) e Santander (0,86%).
Em terceiro lugar aparece o segmento de TV por assinatura, que computou 5,15% das queixas do período. As empresas mais reclamadas foram a NET (3,83%) e a SKY (1,32%). Na quarta colocação está o comércio varejista responsável por 4,87% das reclamações do mês. As lojas mais reclamadas foram Ponto Frio (1,95%), Americanas (1,66%) e Magazine Luiza (1,26%).
No segmento telefônico a Vivo lidera novamente o ranking das empresas com mais reclamações, concentrando 10,14% do total de atendimentos realizados pelo Procon municipal em novembro. Em segundo lugar está a operadora Oi com 4,36% das queixas. Em terceira colocação aparece a TIM com 3,44%.Logo após está a Claro com 2,64% das queixas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia