Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 03 de dezembro de 2016. Atualizado às 13h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

funcionalismo

02/12/2016 - 10h44min. Alterada em 02/12 às 10h57min

Fortunati anuncia atraso no 13º salário dos servidores de Porto Alegre

Fortunati diz que não poderia imaginar que o impacto da crise afetaria tanto

Fortunati diz que não poderia imaginar que o impacto da crise afetaria tanto


MARCELO G. RIBEIRO/JC
O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, confirmou nesta sexta-feira (2) que o pagamento do décimo terceiro salário dos servidores municipais ficará para a próxima gestão. Alegando diminuição dos repasses federais e queda nas receitas, Fortunati afirmou que não há condições da prefeitura pagar duas folhas de pagamento, que corresponderiam ao pagamento do mês e ao décimo terceiro.
"Infelizmente, por mais que tenhamos cortado, o grande problema é que não poderíamos imaginar que o impacto da crise nos afetaria tanto", disse.
Em entrevista a rádios da Capital na manhã de hoje, o prefeito afirmou que o décimo terceiro do funcionalismo ficou ameaçado após ter atendido, na segunda-feira (28), o pedido do sucessor Nelson Marchezan de não antecipar a cobrança do IPTU 2017. É a primeira vez, em 28 anos, que a prefeitura deixa de oferecer o desconto. A despesa com salários de dezembro e décimo terceiro somaria R$ 300 milhões.
O pagamento da folha mensal de dezembro, no entanto, não deve ser atrasado. O prefeito declarou que há um esforço em tentar antecipar o pagamento do mês, que seria depositado no último dia do ano, para suavizar o impacto de não haver o décimo terceiro. A data do pagamento não foi anunciada. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Leandro Camargo 02/12/2016 22h00min
Enquanto não houver uma revolução nesse país, tomado por trevas, coisas desse tipo irão suceder. A Prefeitura não pagar o décimo terceiro aos servidores, alegando uma provável mentira, que encetou na esfera federal, passou pela estadual e chegou finalmente na municipal, é o fim do mundo. Órgãos governamentais se comportando igual e empresas de fundo de quintal, que não pagam seus funcionários...nSó uma revolução sangrenta consertará tais distorções e infâmias.nGaranto o 13 deles está garantido.