Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 16 de dezembro de 2016. Atualizado às 14h00.

Jornal do Comércio

Viver

COMENTAR | CORRIGIR

Natal

Notícia da edição impressa de 16/12/2016. Alterada em 16/12 às 15h00min

Parcão recebe atrações do projeto Brilha Porto Alegre na noite deste sábado

Parcão recebe série de atrações na noite deste sábado

Parcão recebe série de atrações na noite deste sábado


FELIPE FRAGA/DIVULGAÇÃO/JC
Luiza Fritzen
Uma noite para recuperar o espírito natalino e alegrar os porto-alegrenses. Essa é a proposta da Noite Mágica de Natal, iniciativa promovida pelo projeto Brilha Porto Alegre e que acontece neste sábado, das 19h à 0h, no Parcão. A programação do evento tem um viés interativo, repleta de música e tecnologia, para tirar as pessoas de suas casas e convidá-las a um piquenique noturno com shows e performances circenses gratuitas a céu aberto.
Vários DJs animam o público com trilhas sonoras de rock, pop, variedades, jazz, soul, MPB, disco, house e chill out até o início dos shows, às 19h, quando sobem ao palco os músicos Antonio Villeroy, Hique Gomez, Ana Lonardi e Luciano Leães, a dupla Claus e Vanessa, o Grupo Vocal 5, a banda Irish Fellas, Elias Barboza Quinteto e o DJ Juliano Oster.
Durante as apresentações, 30 bolas interativas estarão suspensas com fios de aço entre as árvores como se flutuassem na escuridão. A instalação, inédita no Brasil, é sensível e, com um toque, faz com que as esferas mudem de cor e se iluminem.
Para este ano, o Brilha Porto Alegre se inspirou no evento Noite dos Museus, que levou a população a visitar museus e a ocupar espaços públicos há cerca de quatro meses. Produtor da empresa Rompecabezas, responsável pelas duas iniciativas, Rodrigo Nascimento conta que a proposta da Noite Mágica de Natal é resgatar o espírito da época e gerar interação entre as pessoas. "Percebemos que o sentido do Natal se perdeu totalmente e se tornou muito comercial, por isso queremos que ao menos em uma noite as pessoas compartilhem o espaço e confraternizem juntas."
Em meio às crises políticas, ao parcelamento de salários e à onda de violência que tomou conta da cidade, Nascimento comenta a importância de oferecer cultura gratuita e buscar renovar o brilho da Capital. "O mundo está muito polarizado, as pessoas estão brigando sempre, então nós queríamos uma noite especial, uma semana antes do Natal, para que as pessoas compartilhem com as famílias e com amigos como faziam antigamente."
Uma das atrações da noite, Hique Gomez acredita que o evento é uma oportunidade de unir diferentes tribos para compartilhar momentos em paz e que a cultura precisa resistir em períodos como o atual, com cortes na educação e em investimentos sociais. "Um povo com cultura é um povo com discernimento, e eventos como o Brilha reúnem as pessoas e fortalecem a identidade coletiva e sua capacidade de reação", afirma o violinista.
Em sua quarta edição, o projeto é realizado pelo Sindilojas Porto Alegre, CDL POA e Sindha. Fazer com que Porto Alegre fique mais humana, mais fraterna e reocupe o espírito natalino é a proposta do Brilha Porto Alegre, segundo o presidente do Sindilojas POA, Paulo Kruse. "Queremos que as pessoas criem a cultura de iluminar suas casas e tenham outra percepção do Natal", conta Kruse, que aposta também no incentivo ao turismo. "A ideia é que as pessoas não venham apenas visitar o Natal Luz em Gramado, mas passem em Porto Alegre para conhecer o nosso Brilha", afirma.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia