Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de novembro de 2016. Atualizado às 21h43.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

operação Lava Jato

Notícia da edição impressa de 29/11/2016. Alterada em 28/11 às 21h46min

PGR pede à PF gravações feitas por ex-ministro da Cultura

A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou ofício à direção da Polícia Federal solicitando que sejam remetidas ao Ministério Público as gravações que o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero diz ter feito antes de pedir demissão. Calero admitiu em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, que gravou uma ligação telefônica com o presidente Michel Temer, mas alegou que foi uma conversa formal. Calero apenas teria apresentado seu pedido de demissão do cargo.
Embora o ex-ministro não tenha confirmado, fontes ouvidas pelo GLOBO afirmam que Calero também gravou o ex-ministro Geddel Vieira Lima e o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. A PF faz uma perícia das gravações, mas, segundo investigadores, nem todos os áudios são de boa qualidade, o que dificulta a transcrição das conversas.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia