Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 28 de novembro de 2016. Atualizado às 21h43.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Reestruturação do Estado

Notícia da edição impressa de 29/11/2016. Alterada em 28/11 às 21h43min

Pacote deveria ter sido discutido por mais tempo, avalia cientista político

Bruna Suptitz
Para garantir maior apoio político ao pacote de medidas que pretendem tirar o Estado da crise financeira, o governo devia ter dialogado antes com a base aliada. Esta é a avaliação do cientista político Emil Sobottka, professor do curso de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs). Ciente da necessidade de debater a estrutura do Estado, sua crítica, feita em entrevista ao Jornal do Comércio, é dirigida à seletividade na escolha dos órgãos que serão extintos e à contribuição que alguns setores da sociedade darão neste processo, que é desequilibrado frente a outros segmentos que não serão atingidos.
Jornal do Comércio - O governo cometeu ousadia em enviar pacote sem diálogo com a base?
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia