Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 22 de novembro de 2016. Atualizado às 11h43.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Investigação

22/11/2016 - 10h58min. Alterada em 22/11 às 12h45min

Garotinho recebe alta e segue para prisão domiciliar

Garotinho estava internado na unidade desde sábado

Garotinho estava internado na unidade desde sábado


Vladimir Platonow/Agência Brasil/JC
Agência Brasil
O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho recebeu alta nesta terça-feira (22) do Hospital Quinta D'Or, na zona norte da cidade. Garotinho estava internado na unidade desde sábado. No domingo, ele foi submetido a um procedimento de cateterismo.
O ex-governador teve prisão decretada pelo Juízo da 100ª Zona Eleitoral, de Campos dos Goytacazes, no norte do estado. Ele é acusado de usar o programa social municipal Cheque Cidadão para comprar votos na eleição daquele município.
Garotinho foi preso no último dia 16 pela Polícia Federal. No mesmo dia, ele sentiu-se mal e foi internado no Hospital Municipal Souza Aguiar. No dia seguinte, a Polícia Federal decidiu transferi-lo para o hospital penal do Complexo Penitenciário de Bangu.
No sábado, o Tribunal Superior Eleitoral autorizou a prisão domiciliar de Garotinho e ele pôde ser transferido para o Quinta D'Or. De acordo com a defesa do ex-governador, ele ficará preso em sua casa, no Rio de Janeiro, com escolta policial.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia