Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 10h27.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo do Estado

Notícia da edição impressa de 08/11/2016. Alterada em 07/11 às 22h55min

Piratini disponibiliza R$ 200 milhões para quitação de dívida com precatórios

Marcus Meneghetti
Para a terceira rodada de negociações da Câmara de Conciliação de Precatórios da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) - que convocou credores do Estado para negociarem mais de mil títulos -, o governo do Estado disponibilizou até R$ 200 milhões para pagar parte do passivo de aproximadamente
R$ 11,7 bilhões com os mais de 57 mil credores.
"O Estado reservou em torno de R$ 200 milhões para esta terceira rodada de negociações, que abrangem precatórios de 1987 a 2001. O abatimento da dívida deve ser, no máximo, deste valor. Só que nem todos os credores manifestam interesse em conciliar", ponderou o coordenador da Câmara de Conciliação de Precatórios, procurador Vitor Hugo Skrsypcsak.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia