Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 10h27.

Jornal do Comércio

Opinião

CORRIGIR

Artigo

Notícia da edição impressa de 08/11/2016. Alterada em 07/11 às 22h54min

Viver mais e sobreviver menos!

Roberto Roedel
O que eu poderia falar sobre a vida? Sobre como viver? [...]. Que somos mortais e privilegiados de termos um período aqui para curtir? Poderia ficar filosofando, mas não é o caso. Como administrador, posso afirmar que temos que sobreviver todos os dias em nossos negócios; isso, sim.
Acompanho as séries televisivas de técnicas de sobrevivência. Em uma delas, o cidadão é largado desnudo no meio habitat natural e ali tem que arranjar um jeito de sobreviver, com poucos recursos e muitos desafios. Acredito que seja o retrato perfeito que nós, administradores, encaramos todos os dias em nossos negócios. Optamos por entrar nesse habitat de incertezas que é o Brasil. Temos que ser criativos para sobreviver a este péssimo período que nossa economia enfrenta no momento, sem desanimar. Empreender no Brasil já virou até piada no exterior. Simplesmente não entendem como conseguimos, diante de tantas leis - muitas ultrapassadas - e sem linhas de incentivos do governo, prosperar nesse País. Diante de tantas instituições e burocracias que emperram e atrasam as nossas ideias de investimento. É para deixar qualquer um desencorajado.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia