Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 25 de novembro de 2016. Atualizado às 19h18.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

estados unidos

Alterada em 25/11 às 20h18min

Jill Stein protocola pedido de recontagem de votos em Wisconsin

A candidata à presidência dos EUA pelo Partido Verde, Jill Stein protocolou um pedido de recontagem de votos das eleições presidenciais americanas no estado de Wisconsin, onde o republicano Donald Trump foi o vencedor, de acordo com o Comitê Eleitoral do estado.
Nesta semana, Stein fez uma campanha de arrecadação de fundos via internet para promover a recontagem de votos em alguns dos estados considerados chave para vencer as eleições americanas, como Pensilvânia e Michigan, além de Wisconsin. De acordo com a campanha de Stein, a candidata conseguiu levantar, até o momento US$ 4,7 milhões.
"Os resultados inesperados dessas eleições e as anomalias relatadas precisam ser investigadas. Nós merecemos eleições em que possamos confiar", disse a candidata do Partido Verde.
Trump foi o primeiro candidato do Partido Republicano a vencer em Wisconsin desde 1984. Até o momento, a campanha da candidata democrata Hillary Clinton não comentou sobre o pedido de recontagem dos votos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia