Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de novembro de 2016. Atualizado às 23h53.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Relações Diplomáticas

Notícia da edição impressa de 24/11/2016. Alterada em 23/11 às 17h05min

Coreia do Sul e Japão assinam acordo de compartilhamento de informações

Os governos sul-coreano e japonês concordaram em compartilhar diretamente informações militares, como o rastreamento por satélite dos mísseis da Coreia do Norte, refletindo as crescentes preocupações sobre o programa de armas de Pyongyang. O acordo, assinado ontem em Seul, elimina a necessidade dos EUA na intermediação entre os seus aliados.
O pacto estava programado para ocorrer em 2012, mas Seul desistiu menos de uma hora antes da cerimônia de assinatura, devido à oposição ao governo, que não queria relações mais próximas com Tóquio. Os dois testes nucleares da Coreia do Norte e dezenas de testes de mísseis este ano deram um novo impulso aos dois países, que são os mais ameaçados pelos mísseis norte-coreanos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia