Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de novembro de 2016. Atualizado às 13h58.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

ESTADOS UNIDOS

Alterada em 23/11 às 15h01min

Trump pode encerrar pesquisas da Nasa sobre mudanças climáticas

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, pode encerrar as pesquisas sobre mudanças climáticas conduzidas pela Nasa, a agência espacial americana, como parte de uma repressão à "ciência politizada", de acordo com o jornal britânico The Guardian.
Segundo a publicação, a divisão de Ciências da Terra da Nasa poderia ter seu financiamento cortado. Com isso, algumas pesquisas da Nasa sobre temperatura, gelo, nuvens e outros fenômenos climáticos chegariam ao fim.
Um dos conselheiros da campanha de Trump, Bob Walker, afirmou ao Guardian que não há necessidade de a Nasa fazer um "monitoramento ambiental politicamente correto". Walker disse que "vemos a Nasa em papel de exploração. A ciência da Terra está melhor colocada em outras agências, em que essa seria a principal missão".
O conselheiro de Trump disse, ainda, que "seria difícil parar todos os programas em curso da Nasa, mas os programas futuros devem, definitivamente, ser acompanhados por outras agências. Acredito que a pesquisa climática é necessária, mas tem sido fortemente politizada, o que tem minado muito do trabalho que os pesquisadores estão fazendo. As decisões de Trump serão baseadas na ciência sólida, não na ciência politizada".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia