Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 17 de novembro de 2016. Atualizado às 23h09.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Colômbia

Notícia da edição impressa de 18/11/2016. Alterada em 17/11 às 16h56min

Dois supostos guerrilheiros das Farc são mortos em 'combate'

Dois supostos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) morreram em "combates" com o Exército, apesar de um cessar-fogo em vigor desde agosto e do anúncio de um novo acordo de paz com o governo.
"Houve combates no Sul de Bolívar. Morreram guerrilheiros que, segundo nos informaram, pertencem às Farc", disse o chefe negociador de paz do governo, Humberto de la Calle, à Caracol Televisión. Foi a primeira vez em que o cessar-fogo bilateral, ordenado em agosto pelo presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, foi rompido. Em nota, o Exército informou que outro suposto insurgente foi capturado e manifestou que ele e os dois mortos pertencem à Frente 37 das Farc.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia