Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 10h11.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

08/11/2016 - 11h12min. Alterada em 08/11 às 11h12min

Nova pesquisa da IBD/TIPP mostra Trump 2 pontos à frente de Hillary

Segundo o levantamento, Trump aparece com 45,0% das intenções de voto, enquanto Hillary conta com 43,4%

Segundo o levantamento, Trump aparece com 45,0% das intenções de voto, enquanto Hillary conta com 43,4%


MANDEL NGAN AND BRENDAN SMIALOWSKI/AFP/JC
Uma nova pesquisa eleitoral da Investor's Business Daily (IBD) e da TechnoMetrica Market Intelligence (TIPP), divulgada nesta terça-feira (8), dia das eleições presidenciais nos Estados Unidos, mostra Donald Trump, candidato à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, dois pontos à frente da democrata Hillary Clinton.
Segundo o levantamento, Trump aparece com 45,0% das intenções de voto, enquanto Hillary conta com 43,4%. O candidato do Partido Libertário, Gary Johnson, aparece com 7,6% e Jill Stein, do Partido Verde, com 2,0%.
Entretanto, em uma disputa somente entre Trump e Hillary, excluindo os outros candidatos, a democrata mantém a liderança, com 43,3% das intenções de voto, ante 42,3% do republicano.
De acordo com o IBD/TIPP, seu levantamento é o mais preciso entre as 11 pesquisas de intenção de voto mais relevantes dos Estados Unidos, ao observar as últimas três eleições presidenciais no país.
A pesquisa foi conduzida por telefone com 1.107 eleitores e foi realizada entre os dias 4 e 7 de novembro. A margem de erro é de 3,1 pontos porcentuais para mais ou para menos, portanto há empate técnico entre os rivais na disputa pela Casa Branca.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia