Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 06 de novembro de 2016. Atualizado às 14h06.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

reino unido

Alterada em 06/11 às 15h09min

Theresa May diz que mantém Brexit, apesar de decisão judicial desfavorável

A primeira-ministra britânica, Theresa May, ignorou uma decisão judicial contrária aos planos do governo de deixar a União Europeia e sustentou que levará até o fim o processo de saída do Reino Unido da União Europeia, que ficou conhecido por Brexit.
Ela usou uma coluna Sunday Telegraph para dizer que seu governo vai "continuar com o trabalho", apesar de uma decisão do Tribunal Superior exigindo que ela busque aprovação parlamentar antes do início do processo de saída.
Theresa diz que o governo espera obter uma reversão dessa decisão perante o Supremo Tribunal, porque um princípio importante está em jogo.
Ela disse que o Parlamento votou em deixar a decisão "nas mãos do povo" no referendo 23 de junho.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia