Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 05 de novembro de 2016. Atualizado às 18h46.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 05/11 às 19h46min

Trump vai a quatro Estados e Hillary a dois no último sábado de campanha dos EUA

Trump discursa no desembarque em Wilmington, na Carolina do Norte,sua quarta parada no sábado

Trump discursa no desembarque em Wilmington, na Carolina do Norte,sua quarta parada no sábado


MANDEL NGAN/AFP/JC
No último sábado (5) da campanha presidencial dos Estados Unidos, a agenda dos dois candidatos prevê um dia movimentado, concentrado nas regiões que podem ser decisivas na corrida para a Casa Branca neste ano. O republicano Donald Trump vai a quatro Estados e Hillary tem agenda em dois.
Os candidatos começaram o dia na Flórida, Estado historicamente considerado chave para vencer as eleições nos EUA. Hillary tem uma série de compromissos na região, incluindo em Miami, e em seguida vai para a Pensilvânia, onde fará um evento no final do dia com a cantora Katy Perry, em um esforço para atrair o eleitor jovem para as urnas. Ontem à noite, a cantora Beyoncé e seu marido Jay Z fizeram um show com a participação de Hillary em Cleveland.
Trump começou o dia em Tampa, na Flórida. Em seguida, a agenda do republicano prevê eventos no Colorado, em Nevada e na Carolina do Norte. A campanha de Trump prevê que até a noite de domingo ele terá ido a nove Estados dos EUA.
Segundo o The Wall Street Journal, a campanha de Hillary vai ganhar ajuda adicional no fim de semana do presidente Barack Obama, do vice dele, Joe Biden, e do senador Bernie Sanders, que foi pré-candidato à presidente pelo mesmo partido dela. Eles devem participar de eventos para tentar atrair votos para a democrata, com as pesquisas mostrando disputa acirrada.
Mais de 35 milhões de norte-americanos já votaram antecipadamente e a Flórida tem sido uma das regiões onde mais pessoas anteciparam a decisão, principalmente os latinos. Por isso, o esforço é convencer mais eleitores a irem às urnas. Já na Pensilvânia não é permitido o voto antecipado, por isso a estratégia de Hillary na região neste sábado. Ontem Trump também passou por lá. As últimas pesquisas mostram que Hillary lidera na Pensilvânia, mas na Flórida os dois candidatos estão tecnicamente empatados.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia