Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 01 de novembro de 2016. Atualizado às 11h28.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Alterada em 01/11 às 12h29min

Pesquisa aponta Trump com 46% das intenções de voto e Hillary 45%

É a primeira vez que o Republicano aparece à frente de Hillary em uma pesquisa da ABC News/Washington Post desde maio

É a primeira vez que o Republicano aparece à frente de Hillary em uma pesquisa da ABC News/Washington Post desde maio


DSK /AFP/JC
Uma nova pesquisa da corrida presidencial dos Estados Unidos, realizada pela ABC News/Washington Post mostra que a diferença das intenções de voto entre Donald Trump e Hillary Clinton está diminuindo. O candidato do Partido Republicano aparece com 46% das intenções de voto e a Democrata com 45%, de acordo com informações da CNN.
Embora a vantagem de apenas um ponto de Trump sobre Hillary seja estatisticamente insignificante, é a primeira vez que o Republicano aparece à frente em uma pesquisa da ABC News/Washington Post desde maio.
De acordo com a CNN, a pesquisa pode dar esperanças para os eleitores de Trump, que acreditam que as chances de seu candidato foram impulsionadas com a revelação de que o FBI reabriu as investigações sobre os e-mails privados de Hillary, quando ocupava o posto de secretária de Estado do governo de Barack Obama.
Hillary ainda está à frente de Trump na "Pesquisa das Pesquisas" da CNN, uma média das cinco pesquisas nacionais de intenção de voto mais recentes.
A pesquisa da ABC News/Washington Post mostrou uma falta de entusiasmo entre os eleitores de Hillary. Apenas 45% dos eleitores da Democrata afirmam que estão muito entusiasmados sobre apoiá-la, uma queda de 7% desde o começo da pesquisa e 8% a menos do que o entusiasmo afirmado pelos eleitores de Trump.
O levantamento foi realizado entre os dias 27 e 30 de outubro através de entrevistas por telefone com 1.128 eleitores. A pesquisa tem uma margem de erro de 3 pontos porcentuais para mais ou para menos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia