Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 29 de novembro de 2016. Atualizado às 09h33.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

acidente

Alterada em 29/11 às 10h37min

Vice-presidente da CBF estava no voo da Chapecoense, confirma assessoria

Agência Brasil
O vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Delfim Peixoto, estava no voo que transportava a delegação da Chapecoense para Medelín, onde seria disputada a final da Copa Sul-Americana. As informações foram confirmadas pela assessoria pessoal de Peixoto, que representava a Região Sul na vice-presidência da confederação e também presidia a Federação Catarinense de Futebol.
O nome de Delfim Peixoto também aparece na lista de passageiros divulgada pela Aeronáutica Civil (Aerocivil) da Colômbia após o acidente. O vice-presidente era um dos convidados da Chapecoense para acompanhar sua primeira final internacional.
O voo seguia da Bolívia para a Colômbia quando caiu na região da Antióquia, nas proximidades da cidade de Medelín. De acordo com autoridades colombianas, mais de 70 pessoas morreram, entre elas jornalistas, jogadores, dirigentes e tripulantes.
A assessoria informou ainda não ter notícias oficiais sobre Delfim, mas manteve contato com o dirigente na noite de ontem, quando foi confirmado que ele embarcaria na aeronave.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia