Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 26 de novembro de 2016. Atualizado às 11h13.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

gente

Alterada em 26/11 às 12h15min

Fidel foi um líder de convicções e marcou segunda metade do século 20, diz Temer

Em uma breve mensagem à imprensa, o presidente da República, Michel Temer, disse neste sábado (26), que o ex-presidente cubano Fidel Castro "foi um líder de convicções". "Marcou a segunda metade do século 20 com a defesa firme das ideias em que acreditava", diz o comunicado à imprensa.
Essa é a primeira manifestação oficial do governo brasileiro. Ainda não há informações se algum representante brasileiro participará do funeral em Havana.
O líder da revolução cubana faleceu na sexta-feira, 25, aos 90 anos. O corpo de Fidel será cremado e foi decretado luto oficial de 9 dias no país caribenho, período que deve se encerrar com o funeral, no dia 4 de dezembro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia