Porto Alegre, sexta-feira, 18 de novembro de 2016. Atualizado às 17h20.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Sérgio Cabral, ex-governador do Rio, é preso em operação da Polícia Federal

O ex-governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), foi preso preventivamente na quinta-feira (17) durante um ação conjunta da Polícia Federal (PF), Ministério Público Federal e Receita Federal. Batizada de Operação Calicute, a investigação tem com o objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo governo do Estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado seria superior a R$ 220 milhões. Cabral estava em sua casa, no Leblon, zona sul da capital, e foi levado pela PF sob gritos de "ladrão" de cidadãos. Segundo procuradores que conduzem as investigações, já no seu primeiro mês do primeiro mandato o então governador passou a cobrar dinheiro de empreiteiras que realizariam grandes obras no Estado. Na quarta-feira, outro ex-governador do estado, Anthony Garotinho, foi detido pela PF em investigação por compra de votos, associação criminosa e coação.
 

FOTO Fernando Frazão/Agência Brasil/JC