Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de novembro de 2016. Atualizado às 23h53.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Justiça

Notícia da edição impressa de 24/11/2016. Alterada em 23/11 às 19h50min

MP espanhol e DIS pedem a prisão de Neymar por dois anos

O Ministério Público da Espanha pediu ontem, em Madri, a prisão do atacante Neymar por dois anos em virtude de suposta ilegalidade na transferência do atleta para o Barcelona, em 2013. A decisão tem como base uma queixa do fundo de investimento DIS, ex-detentor dos direitos do jogador, que reivindica porcentagem maior na transação do craque para a Espanha.
O MP espanhol ainda quer que a família de Neymar pague multa ¤ de 10 milhões (cerca de R$ 40 milhões), além de pedir detenção por cinco anos do ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell, que era o mandatário do clube espanhol quando Neymar deixou o Santos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia