Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 13 de novembro de 2016. Atualizado às 11h35.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

mma

Alterada em 13/11 às 12h35min

McGregor solta o verbo após fazer história e acumular 2º cinturão no UFC

O irlandês Conor McGregor conseguiu se destacar mais uma vez no mundo do UFC. Agora, ele se tornou o primeiro lutador da história do evento a possuir dois cinturões de duas categorias simultaneamente. Em um combate memorável, o campeão dos penas (até 66 kg) fez mais uma vítima ao vencer Eddie Alvarez na madrugada deste domingo, em Nova York, e garantir também o título entre os leves (até 70 kg).
 
Como já havia avisado, McGregor não tomou conhecimento de Alvarez e dominou a luta. No primeiro round, aplicou dois knockdowns no norte-americano, o que quase finalizou o confronto. No segundo assalto, usou o peso da mão esquerda para nocautear o adversário e levar ao delírio os fãs presentes no Madison Square Garden.
 
Após a vitória, o "Notório" exigiu que seu segundo cinturão fosse entregue naquele momento. "Onde está o meu segundo cinturão? Eu rendo US$ 4,2 bilhões a vocês e não me dão o meu cinturão? Acabei de ganhar e vocês já querem tirá-lo de mim". E, conforme a exigência do campeão, ele ostentou os dois cinturões ao mesmo tempo.
 
Ainda no octógono, McGregor soltou o verbo. "Vou arrancar a cabeça de qualquer um que se opor a mim", disse antes de sair. "Passei muito tempo falando mal de muita gente, ridicularizei muita gente aqui, mas gostaria de pedir desculpas... a absolutamente ninguém", disparou.
 
Confira os resultados:
 
Card principal
 
Conor McGregor venceu Eddie Alvarez por nocaute aos 3m04s do 2º round.
 
Tyron Woodley e Stephen Thompson tiveram um empate majoritário (47-47, 47-47, 48-47).
 
Joanna Jedrzejczyk venceu Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime (49-46, 49-46, 49-46).
 
Yoel Romero venceu Chris Weidman por nocaute técnico aos 24s do 3º round.
 
Raquel Pennington venceu Miesha Tate por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27).
 
Card preliminar
 
Frankie Edgar venceu Jeremy Stephens por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28).
 
Khabib Nurmagomedov venceu Michael Johnson por finalização (kimura) aos 2m31s do 3º round.
 
Tim Boetsch venceu Rafael Natal por nocaute técnico aos 3m22s do 1º round.
 
Vicente Luque venceu Belal Muhammad por nocaute aos 1m19s do 1º round.
 
Jim Miller venceu Thiago Alvez por decisão unânime (30-27, 29-28 30-27).
 
Liz Carmouche venceu Katlyn Chookagian por decisão dividida (28-29, 29-28, 29-28).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia