Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 10h27.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 08/11/2016. Alterada em 07/11 às 23h01min

Desligado, Grêmio leva 3 a 0 do Sport

Ex-gremista Diego Souza abriu e fechou o placar para os pernambucanos

Ex-gremista Diego Souza abriu e fechou o placar para os pernambucanos


GREMIO FBPA/DIVULGAÇÃO/JC
Os pouco mais de 12 mil corajosos que decidiram ir à Arena em plena noite de segunda-feira para ver o time misto do Grêmio enfrentar o Sport pelo Campeonato Brasileiro foram "agraciados" com uma atuação nada inspirada do Tricolor. Já pensando na decisão da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, dias 23 e 30 de novembro, a equipe da casa jogou de forma displicente, tanto que o Sport, cuja única ambição é escapar do rebaixamento, acabou fazendo 3 a 0 ao natural. 
O jogo foi equilibrado na primeira etapa, com chances para os dois lados. O Grêmio teve as melhores oportunidades, com Douglas, Pedro Rocha e um esforçado Negueba arriscando de fora da área. No entanto, os pernambucanos foram mais eficientes e abriram o placar aos 45 minutos, quando Diego Souza recebeu da entrada da área e acertou uma bomba no ângulo de Marcelo Grohe. Ex-jogador gremista, o meia foi bastante aplaudido pela torcida.
No intervalo, o técnico Renato Portaluppi tirou Negueba e Henrique Almeida, mais uma vez com baixo desempenho (só não foi pior que o lateral Walace Oliveira), mas as mudanças não surtiram efeito. E nem deu tempo: logo a um minuto do segundo tempo, Ruiz foi até a linha de fundo e cruzou para Rogério, que, de primeira, mandou para o fundo das redes.
Com o placar a favor, o Sport soube controlar a posse de bola e pouco foi ameaçado. Nos contra-ataques, quase ampliou com Diego Souza, aos 30 minutos, mas a bola parou na trave. Aos 44, o meia acabou fazendo o terceiro, decretando a pior derrota tricolor na história da Arena. O Grêmio segue na oitava posição, com 49 pontos. O próximo compromisso pelo Brasileirão é no dia 17, contra o São Paulo, no Morumbi.
Grêmio 0 x 3 Sport
Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Jailson e Douglas; Negueba (Batista), Pedro Rocha (Guilherme) e Henrique Almeida (Ty Sandows). Técnico: Renato Portaluppi.
Magrão; Apodi (Serginho), Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Ronaldo (Rodrigo Mancha), Neto Moura, Diego Souza, Everton Felipe e Rogério (Reinaldo Lenis); Luis Ruiz. Técnico: Daniel Paulista.
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia