Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 01 de novembro de 2016. Atualizado às 18h58.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

liga dos campeões

Alterada em 01/11 às 19h59min

Benfica derrota o Dínamo de Kiev em casa e embola grupo na Liga dos Campeões

Está tudo embolado no Grupo B da Liga dos Campeões da Europa. Nesta terça-feira, horas depois do empate entre Besiktas e Napoli, na Turquia, o Benfica entrou em campo para enfrentar o Dínamo de Kiev, no estádio da Luz, em Lisboa, sabendo que uma vitória seria vital para seguir com chances de classificação às oitavas de final. E ela veio de forma suada, por 1 a 0, com um gol de pênalti.
O resultado em Portugal deixou tudo embolado na tabela de classificação da chave. Com sete pontos, Napoli e Benfica dividem a liderança, mas os italianos ficam na frente no primeiro critério de desempate, que é o confronto direto - vitória napolitana por 4 a 2, na segunda rodada, na Itália. Os dois têm apenas um ponto na frente do Besiktas. Já eliminado da Liga dos Campeões, o Dínamo de Kiev é o lanterna com um.
A quinta rodada será disputada no próximo dia 23. O Napoli terá um pequena vantagem por jogar em casa contra a equipe da Ucrânia. Besiktas e Benfica farão um confronto direto em Istambul. Os dois primeiros colocados avançarão às oitavas de final, enquanto que o terceiro irá para a Liga Europa.
Em campo, como era esperado, o Benfica tomou a iniciativa do ataque e buscou o gol a todo momento. O Dínamo de Kiev recorreu às faltas para parar o time português e o resultado disso foi que quatro jogadores receberam o cartão amarelo ainda antes do intervalo. O último deles, aos 46 minutos, para Domagoj Vida resultou no pênalti sofrido pelo zagueiro Brasileirão Luisão. Na cobrança, Eduardo Sálvio bateu com perfeição no canto direito do goleiro Artur Rudko.
Na segunda etapa, o time de Kiev se soltou um pouco mais e começou a incomodar a defesa do Benfica. A melhor chance veio aos 22 minutos, quando o goleiro brasileiro Ederson Moraes fez falta dentro da área em Derlis González e o pênalti foi marcado. O atacante brasileiro Júnior Moraes bateu e o arqueiro do clube português se redimiu ao espalmar a bola e garantir os três pontos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia