Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 23 de novembro de 2016. Atualizado às 09h23.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Dólar acentua ganhos ante real após início volátil

O dólar começou a sessão desta quarta-feira (23), volátil, mas depois passou a acentuar ganhos ante o real, em meio à instabilidade também dos mercados internacionais, com dólar mistos ante outras moedas e petróleo volátil. Segundo um operador de câmbio, o mercado se ajusta ainda à falta de leilão de swap tradicional.

Às 9h35min, o dólar à vista no balcão subia 0,44%, a R$ 3,3702 e o dólar para dezembro subia 0,33%, a R$ 3,3770.

Ainda que não pese no câmbio, o mercado acompanha o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), que após alta de 0,19% em outubro, subiu 0,26% em novembro, o menor para o mês desde 2007, quando ficou em 0,23%.

Em novembro do ano passado, a inflação pelo IPCA-15 tinha sido de 0,85%. Como resultado, a taxa acumulada em 12 meses desacelerou de 8,27% em outubro para 7,64% em novembro, o menor resultado desde fevereiro de 2015, quando estava em 7,36%.

O resultado ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro, que esperavam inflação entre 0,24% e 0,36%, com mediana de 0,29%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia