Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 21 de novembro de 2016. Atualizado às 09h13.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

21/11/2016 - 10h14min. Alterada em 21/11 às 10h14min

Dólar segue exterior e renova mínimas ante real

Os mercados domésticos mostram humor positivo na manhã desta segunda-feira (21), com dólar e juros futuros em baixa, enquanto o Ibovespa tem leve alta, acompanhando o avanço das bolsas europeias e futuros de Nova Iorque. No exterior, o dólar cai ante as principais rivais, além de moedas emergentes e ligadas a commodities, e os juros dos Treasuries também mostravam viés de baixa. Já o petróleo subia mais de 2% instantes atrás tanto em Nova Iorque como em Londres.
Às 9h35min, o dólar à vista no balcão renovava mínima, em queda de 0,79%, a R$ 3,3598. O dólar para dezembro recuava 0,68%, a R$ 3,3740. O Ibovespa futuro subia 0,75%, aos 60.845 pontos.
O recuo do dólar ocorre mesmo sem o leilão de swap de contratos novos cambiais nesta segunda, mas apenas rolagem de US$ 1 bilhão em swap que vence em 1º de dezembro. A percepção de operadores é de que há espaço para realização de lucros, uma vez que a moeda americana ainda acumulava alta de 6,72% desde o fechamento em 8 de novembro até sexta-feira passada.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia