Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 18h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Consumo

08/11/2016 - 19h35min. Alterada em 08/11 às 19h35min

Iguatemi encerra 3º trimestre com lucro líquido de R$ 40,6 mi, queda de 30,5%

A Iguatemi encerrou o terceiro trimestre de 2016 com lucro líquido de R$ 40,6 milhões, queda de 30,5% em relação ao mesmo período do ano passado.
O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 127,9 milhões, diminuição de 5% na comparação entre os mesmos períodos. A margem Ebitda caiu para 79,4% de 84,4%.
A redução do Ebitda foi atribuída a uma base maior no ano anterior, quando a empresa obteve uma receita adicional pela comercialização de uma permuta de valor geral de vendas (VGV) no Complexo Iguatemi Esplanada, em Sorocaba (SP), e outra receita referente ao exercício da opção de venda da participação remanescente do Shopping Boulevard Iguatemi Rio.
Tirando o efeito da linha de outras receitas e despesas operacionais, o Ebitda teria apresentado crescimento de 6,6%.
A receita líquida atingiu R$ 161,1 milhões, expansão de 1,1% com relação ao terceiro trimestre de 2015.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia