Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 18h09.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 08/11 às 19h12min

Bovespa enfrenta volatilidade e fecha em alta de 0,17%

A Bovespa teve um pregão de volatilidade nesta terça-feira (8), tendo as atenções do mercado todas voltadas ao cenário eleitoral dos Estados Unidos. Os negócios na bolsa brasileira foram pautados principalmente pelos sinais emitidos pelos mercados internacionais, que reagiam conforme o noticiário em torno da disputa entre a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump. O Índice Bovespa oscilou num intervalo significativo, de 1.386 pontos, entre a mínima de 63.381 pontos (-1,05%) e a máxima de 64.767 pontos (+1,12%). No fechamento, o índice subiu 0,17%, aos 64.157,67 pontos.
A bolsa brasileira iniciou o dia em baixa, refletindo, segundo operadores, a cautela com a eleição americana e a correção de um certo exagero da véspera, quando o Ibovespa havia subido quase 4%. Mas as ações ganharam fôlego gradativamente à tarde, acompanhando o otimismo das bolsas americanas diante de sinais de vitória de Hillary Clinton. A vantagem de Hillary, mesmo que num cenário ainda bastante acirrado, sustentou a alta das ações brasileiras durante boa parte do tempo, mas não se sustentou até o final do dia.
Para a perda de fôlego, na última hora de negócios, contribuiu em grande parte a volatilidade dos preços do petróleo, que acabaram por puxar a queda das ações da Petrobras ao final do dia, após um pregão marcado pela alternância de sinais. Ao final do pregão, Petrobras ON teve queda de 1,31%, enquanto Petrobras PN recuou 0,99%. O petróleo WTI para dezembro fechou em alta de 0,20%, enquanto o Brent para janeiro registrou baixa de 0,23%. Já as ações da Vale subiram 3,63% (ON) e 1,80% (PNA), apoiadas na alta de 1,5% do minério de ferro (pureza de 62%) no porto de Tianjin, na China.
Os negócios do dia somaram R$ 7,27 bilhões. Com a alta de resultado de hoje, o Ibovespa passa a contabilizar baixa de 1,18% em novembro e ganho nominal de 48% no acumulado do ano. Para esta quarta-feira, prevalece entre os analistas a percepção de que uma vitória de Hillary Clinton, por já estar em grande parte precificada, deve ter reação limitada nos mercados. Ao passo que uma vitória de Donald Trump causaria estragos nos mercados, especialmente os emergentes, mas talvez com efeitos pontuais.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia