Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 18h09.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

08/11/2016 - 19h09min. Alterada em 08/11 às 19h10min

Ouro fecha em queda em Nova Iorque, com investidor aguardando resultado das eleições

Os contratos futuros de ouro fecharam esta terça-feira (8), na sua maior queda porcentual em cinco semanas, com os operadores aguardando o resultado das eleições presidenciais nos Estados Unidos.
O ouro para dezembro, negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), caiu 0,38%, a US$ 1.274,50 por onça-troy.
Os investidores estão esperando uma vitória da candidata democrata Hillary Clinton, mas mantêm no radar a possibilidade de um choque no mercado - similar ao observado quando o Reino Unido votou pela saída da União Europeia - caso o republicano Donald Trump chegue à Casa Branca.
"No momento, o mercado não está precificando uma vitória de Trump", afirmou o estrategista de commodities da ETF Securities, Nitesh Shah. "Seria algo semelhante ao que aconteceu com o Brexit." No dia seguinte após o Reino Unido decidir deixar o bloco, o preço do ouro subiu mais de 6%, com os investidores correndo para ativos considerados seguros.
Para o chefe de metais preciosos na Marex Spectron, David Govett, a vitória de Trump pode fazer o ouro se valorizar pelo menos US$ 100. "De qualquer forma, os negócios vão ficar muito voláteis, e muito nervosos durante a madrugada", completou. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia