Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 07h30.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Bolsas asiáticas fecham em alta, diante de maior chance de vitória de Hillary

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira (8), em meio a expectativas de que a democrata Hillary Clinton vença a eleição presidencial de hoje nos EUA contra o adversário republicano, Donald Trump, e apesar de números fracos da balança comercial chinesa.

O índice Xangai Composto, o principal da China terminou a sessão no maior nível em dez meses, com ganho de 0,47%, a 3.147,89 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,7%, a 2.080,44 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng subiu 0,47%, a 22.909,47 pontos.

Já em Tóquio, o Nikkei ficou praticamente estável, com baixa marginal de 0,03%, a 17.171,38 pontos, em clima de cautela antes do resultado da eleição norte-americana.

De modo geral, os investidores preferem a vitória de Hillary, por considerarem que suas propostas de política são mais previsíveis que as de Trump.

No entanto, a disputa nos EUA promete ser acirrada, uma vez que as últimas pesquisas de opinião mostram que é pequena a vantagem de Hillary sobre Trump.

O apetite por risco prevaleceu na Ásia, a despeito do fraco desempenho da balança comercial da China em outubro. No mês passado, as exportações e importações chinesas tiveram quedas anuais de 7,3% e 1,4%, respectivamente, maiores do que previam os analistas. Por outro lado, tanto as exportações quanto as exportações do gigante asiático diminuíram em ritmo mais fraco do que em setembro.

Entre bolsas pequenas da região, o índice sul-coreano Kospi subiu 0,29% em Seul, a 2.003,38 pontos, enquanto o Taiex avançou 0,30% em Taiwan, a 9.217,43 pontos, e o filipino PSEi teve alta mais expressiva em Manila, de 0,96%, a 7.266,12 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana encerrou o pregão com leve alta de 0,13% no S&P/ASX 200, a 5.257,80 pontos, também à espera da votação nos EUA.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia