Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 10h27.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

finanças

Notícia da edição impressa de 08/11/2016. Alterada em 07/11 às 22h54min

Poupança tem saque líquido de R$ 2,712 bilhões em outubro

Deterioração do investimento se dá pela piora do cenário econômico

Deterioração do investimento se dá pela piora do cenário econômico


STOCKPHOTO/DIVULGAÇÃO/JC
O volume de recursos que os investidores sacaram da poupança em outubro, já descontadas as aplicações, foi de R$ 2,712 bilhões, informou ontem o Banco Central (BC). Apesar do resultado negativo, o montante retirado no mês passado foi inferior aos R$ 3,264 bilhões que saíram da poupança em outubro do ano passado - o recorde histórico para o mês na série histórica, iniciada em 1995. Os saques líquidos de outubro deste ano foram superiores aos verificados em setembro, quando R$ 2,352 bilhões deixaram a poupança.
Em 2016 até o momento, em função da crise econômica, que faz as famílias recorrerem aos recursos da poupança para fechar as contas, foram verificados saques líquidos em todos os meses.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia