Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 03 de novembro de 2016. Atualizado às 19h13.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Tecnologia

Alterada em 03/11 às 20h17min

Lucro da Totvs soma R$ 37,990 milhões no 3º trimestre, queda de 50%

A Totvs registrou um lucro líquido de R$ 37,990 milhões no terceiro trimestre deste ano, uma retração de 50,7% em comparação ao desempenho do mesmo período do ano passado. A companhia reportou também um lucro líquido ajustado, que somou R$ 44,846 milhões no terceiro trimestre, o que representou uma diminuição de 43,1% em relação a igual intervalo de 2015.
Segundo a empresa, o lucro líquido ajustado foi beneficiado por ganhos de R$ 11,366 milhões com provisões adicionais para créditos de liquidação duvidosa e pelo incremento de R$ 1,568 milhão de ajustes no custo médio dos estoques, mas prejudicado por despesas adicionais de R$ 6,078 milhões de ganhos com vendas de controladas.
Em relação à retração do resultado líquido reportado e ajustado, a companhia afirma que foi consequência majoritariamente do resultado financeiro negativo, decorrente da mudança na estrutura de capital da companhia, que passou de posição de caixa líquido no terceiro trimestre de 2015 para uma dívida líquida no terceiro trimestre de 2016. Isso ocorreu pelo pagamento de R$ 473,585 milhões na reorganização societária com a Bematech e do resultado positivo da venda da participação minoritária na ZeroPaper.
O Ebitda atingiu R$ 76,096 milhões entre julho e setembro, uma retração de 33,4%, enquanto a margem Ebitda retraiu-se 5,6 ponto porcentual, para 14,2%. O Ebitda ajustado, por sua vez, somou R$ 86,484 milhões, uma queda de 26,1%, com uma retração de 4,2 pontos porcentuais da margem, que recuou para 16,1%.
A empresa ressaltou que a redução do Ebitda ajustado na comparação ano contra ano se deu principalmente pela redução da receita de taxas de licenciamento; e pela redução do resultado de serviços e hardware.
A receita líquida total atingiu R$ 537,4 milhões no terceiro trimestre, uma diminuição de 6,9% em comparação ao mesmo período do ano passado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia