Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 08 de novembro de 2016. Atualizado às 14h48.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Patrícia Knebel

Mercado Digital

Notícia da edição impressa de 03/11/2016. Alterada em 08/11 às 15h48min

A 4all vem aí

Jose Renato Hopf

Jose Renato Hopf


KAUÃ SOMMER/DIVULGAÇÃO/JC
Sabe aquela história que o Brasil não consegue criar uma startup de escala global, com serviços que despertem o interesse de usuários do mundo todo, como Facebook, Uber e Google? Pois essa sina pode virar passado. A aposta é de José Renato Hopf, fundador e presidente da 4all, primeira plataforma all-in-one do Brasil que será lançada oficialmente hoje. "Estamos criando uma empresa ultradigital, com o que tem de mais moderno em tecnologia no mercado", diz. A ideia é reunir serviços que possam ter um impacto positivo no dia a dia das pessoas - como no momento de realizar compras, pagar o estacionamento e pedir comida - em um único ambiente. A plataforma reúne mais de 100 parceiros, como Visa, IBM, Shopping Total e Unimed, e mesmo antes do lançamento já está sendo usada por cerca de oito milhões de usuários no Brasil. Muitos deles, como os que fazem recargas de bilhetagem de transporte público em algumas cidades, ainda nem sabem que é a 4all que está por trás dessas facilidades. "Vão saber a partir de agora", comenta Hopf, que faz questão de explicar que não apenas o modelo de plataforma integrada é inovador, mas muitas das tecnologias que serão oferecidas são disruptivas, como chatbot, realidade aumentada e inteligência artificial. A empresa tem sede em Porto Alegre e conta com 100 colaboradores diretos, número que aumenta a cada dia.
Investimento
O lançamento da 4all é resultado de um pesado investimento que contempla desde o desenvolvimento tecnológico e a contratação de recursos, até a aquisição de plataformas e empresas e parcerias estratégicas. Não se trata de um app, mas uma plataforma que vai atender os consumidores finais, as companhias tradicionais que precisam migrar para o mundo digital, os players de tecnologia e as startups. Nesse primeiro momento, serão quatro vertentes de negócios: fintech, marketplace, automação e Analytics & inteligência cognitiva.
Ex-GetNet
Fundador e CEO da startup, José Renato Hopf é um dos empresários mais respeitados do Estado. Criou a GetNet em 2003 e 11 anos depois a vendeu por US$ 1,1 bilhão para o Santander. Ele começou a desenvolver o projeto da 4all de maneira low profile ou no profile, como gosta de dizer. "Eu não queria que as pessoas pensassem que vendi a GetNet e agora estava simplesmente criando uma nova startup. Esse projeto foi muito bem pensado para ser realmente inovador", arremata.
Finalista
O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) desbancou dezenas de cases de marcas nacionais e internacionais (Itaú, Bradesco, McDonalds) e é finalista do Prêmio Share Social Media 2016. O case é a campanha Desejos para a Saúde, iniciativa digital que captou 146 mil votos das prioridades da população na saúde e que busca subsidiar a ação dos futuros prefeitos. A plataforma foi desenvolvida pela Kyoodai, com sede no Tecnosinos. O vencedor será definido por voto popular até 15 de novembro. As votações estão no site www.eventoshare.com.br/premioshare.
4,5G
Testes inéditos que estão sendo feitos com a tecnologia 4,5G no País pela Claro, Ericsson e Qualcomm atingiram até 682 Mbps, a maior velocidade de transmissão de dados em uma rede comercial na América Latina. O projeto piloto foi feito agregando as frequências de 2.600 e 1.800MHz e aconteceu em Araras (SP).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia