Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 09 de novembro de 2016. Atualizado às 13h44.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Carlos Pires de Miranda

De Olho na tevê

Notícia da edição impressa de 09/11/2016. Alterada em 08/11 às 21h30min

Uma prova de fogo para Tite

Com Messi, Higuaín, Di Maria e Mascherano a bordo, mais reservas como Lucas Pratto e Agüero, a Argentina dará trabalho à defesa do Brasil amanhã. Seria cedo para exigir absoluta supremacia brasileira em campo, mas Tite acostumou a torcida com vitórias e boas atuações. E isso vicia...
Menos mal que a turma é fraca
O Sport endurecer contra reservas do Grêmio? Normal. Mas jogando na Arena, nem um empatezinho? Pois é. O que mais me impressiona é que o time de Recife, capaz de aplicar um banho de bom futebol no Tricolor, recém começa a se livrar da Z-4. Isso denota o nivelamento deste Brasileirão: há três ou quatro times um tanto superiores aos demais. Abaixo é só mediocridade, tanto que ali a tabela quase não se mexeu. O Botafogo subiu um mísero pontinho, os outros que sonham com o G-6 perderam.
Inter: briga de facão no escuro
Feio está lá embaixo, na Z-4, endereço do Inter pelo menos nos próximos oito dias: todos os resultados que interessavam foram prejudiciais aos colorados. São Paulo, Sport, Cruzeiro, Coritiba e o Vitória de Argel subiram três pontos cada. Continuo achando que o Inter não cairá, que quatro jogos serão suficientes para se recuperar. Só que é para ontem. A Ponte Preta já basta para meter medo, mas nada deve impedir uma vitória colorada dia 17.
Brasil, salvador dos gaúchos
Chegar ao G-4 da série B é improvável, mas a vitória sobre o Vasco - bem ou mal, um time de série A - foi consagradora. Em uma rodada que mostrou o Inter exatamente do seu tamanho frente ao quase campeão Palmeiras e um Grêmio em miniatura contra o Sport Recife, coube ao Xavante reunir um ótimo público na inauguração de um setor de arquibancadas e dar alegria aos gaúchos. De resto, foi um fim de semana desolador.
Pitacos
Que alto negócio fez o Inter. Danilo Fernandes é melhor do que Alisson e, com a venda do goleiro da seleção, ainda sobrou dinheiro no caixa colorado.
Encontro o Gonzaga, apavorado com o Inter e o rebaixamento. "Não cai - profetizo eu -, faltam quatro rodadas e tem o Fernando Carvalho lá". "Verdade, lembra ele, mas este ano não tem Paysandu"...
Regina Casé questiona uma entrevistada gaúcha na Globo: "Gremista ou colorada?" A resposta -"Sou corintiana" - surpreende, mas não deveria: pesquisa Lance! Ibope aponta o Corinthians como terceira torcida no Rio Grande.
Mais pitacos
Boa arbitragem em Sport e Grêmio. Muito simpática somente ao não dar o segundo amarelo para o desastrado Negueba - se era ovelhinha do Roger, como segue, digamos, jogando?
Foi bom ver um craque na Arena: Diego Souza. É o atual goleador do Brasileiro, empatado com Fred, só que seus gols são muitíssimo mais bonitos.
Brasil e Argentina têm a maior rivalidade das Américas, mas inferior à da dupla Grenal. Ou alguém duvida de que os gremistas queiram ver o Inter na série B, mesmo que isso lhes custasse sobrarem no G-6?
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 09/11/2016 14h11min
COLORADOS, POR HORA PODEMOS VIBRAR, SOMOS CAMPEÃO DO Z4 !!!nnEsta inédita campanha é mérito exclusivo do nosso grandioso Internacional, principalmente na pessoa do seu presidente Vitório Piffero, do seu grupo de conselheiros deliberativos e do departamento de futebol que sempre lhe apoiaram para chegarmos no Z4.nn n nAté que os jogadores provem ao contrário depois deste Pit Stop no Brasileirão, no momento o nosso Internacional é CAMPEÃO do Z4, e este título inédito nem os gremistas vão conseguir nos tirar este ano.nnA nossa campanha é tremenda de muita ruindade: 34 jogos, 38 pontos divididos em 10 vitórias, 8 empates, 16 derrotas, 32 GP, 38 GC e um saldo de 6, a matemática não mente e a bola pune.nnPor ironia do destino o primeiro time que está se salvando e abrindo mão deste título por hora, chama-se VITÓRIA-BA treinado pelo o detonado Argel Fucks, que convenhamos ajudou muito o Colorado nesta diferenciada campanha.nnAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 09.11.2016n