Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 31 de outubro de 2016. Atualizado às 22h23.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

GOVERNO DO ESTADO

Notícia da edição impressa de 01/11/2016. Alterada em 31/10 às 22h53min

Suspenso julgamento sobre pedido de intervenção federal no Estado

Teve início, nesta segunda-feira, no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ), o julgamento sobre o pedido de intervenção federal proposto pelo Sindicato dos Técnicos Científicos do Estado do RS (Sintergs). A entidade quer que seja encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) a decisão que determinou o pagamento dos salários dos servidores filiados em parcela única. Um pedido de vista do desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa suspendeu o julgamento.
Na ação, o sindicato afirma que, apesar das decisões judiciais proibindo o parcelamento dos salários dos servidores, o governo do Estado continua a não pagar integralmente os vencimentos. O relator do processo foi o desembargador Francisco Moesch, que votou por negar o pedido.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia