Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 31 de outubro de 2016. Atualizado às 22h23.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

eleições 2016

Notícia da edição impressa de 01/11/2016. Alterada em 31/10 às 22h58min

Eleições municipais mudam bancadas da Câmara Federal e Assembleia Legislativa

Ex-governadora Yeda Crusius ficará na vaga que será deixada por Nelson Marchezan Júnior

Ex-governadora Yeda Crusius ficará na vaga que será deixada por Nelson Marchezan Júnior


JONATHAN HECKLER/JC
Com o resultado das eleições municipais, 18 parlamentares deixarão a Câmara dos Deputados e quem ampliará suas bancadas são os partidos de médio porte. As grandes legendas terão sua representação na Casa ligeiramente reduzida. O PSDB, um dos partidos que mais perderá deputados, ganhará o reforço da ex-governadora Yeda Crusius, na vaga que será deixada por Nelson Marchezan Júnior, que assume a prefeitura de Porto Alegre em 1 de janeiro de 2017.
O PSD tem hoje 36 deputados e ganhará dois novos integrantes. O PSDC, que não tem atualmente nenhum deputado, será representado por Francisco Vaidon Oliveira (CE), no lugar de Moroni Torgan (DEM-CE). Ganharão um deputado cada: PDT (tem hoje 19), PSB (atualmente com 31), PCdoB (hoje com 11) e PPS (hoje com oito).
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia